Instituto Atuação - Coletânea da Democracia 2017

O PROJETO

Coletânea da Democracia:

A Coletânea da Democracia traz, de maneira pioneira na língua portuguesa, obras internacionalmente reconhecidas de alto impacto nos campos da ciência política e da teoria democrática.

Seu principal objetivo é difundir conceitos centrais para as pessoas e as organizações que trabalham com o tema no Brasil.

Seu principal objetivo é difundir conceitos centrais para as pessoas e as organizações que trabalham com o tema no Brasil. Com isso, pretende-se desenvolver linguagens comuns e conceitos compartilhados, fomentando a discussão sobre novas ferramentas.


COLETÂNEA 2017

A 2ª Coletânea da Democracia foi lançada em maio de 2017 e contou com 3.000 cópias. Desse total, parte vem sendo distribuída gratuitamente para acadêmicos, para jornalistas, para parceiros e para ativistas. As demais estão sendo comercializadas.

Obras 2017:

O que é democracia?, Giovanni Sartori:

A democracia é um dos poucos valores que todo o Ocidente parece estar disposto a defender. Contudo, se realizada de maneira acrítica, essa adesão pode levar a consequências controversas e a discursos simplistas. Abordando temas complexos com um forte rigor lógico, Giovanni Sartori procura problematizar esse ponto – trazendo clareza a um debate comumente poluído pelo relativismo.

Para entender a democracia, Larry Diamond:

Em edição mundialmente inédita, a obra avalia as perspectivas globais para a democracia - percebendo a relação entre a qualidade das instituições, a efetividade da governança e a estabilidade democrática. Congregando ideias ricas de Larry Diamond e de alguns dos seus colaboradores, o livre oferece um importante diagnóstico dos sistemas democráticos, compreendendo as causas da sua recessão e oferecendo alternativas para evitá-la.

Estado de direito e democracia, Ernst-Wolfgang Böckenförde:

Estado de Direito e Democracia é a primeira obra completa disponibilizada em português do jurista alemão Ernst-Wolfgang Böckenförde. Trata-se de um conjunto de artigos em que noções como “Estado de Direito”, “democracia”, “soberania popular”, “povo” e “mudança constitucional” vão sendo progressivamente criticadas e reconstruídas sob os olhos do autor – em um processo complexo e de extrema riqueza.

O Antigolpe , Gene Sharp & Bruce Jenkins:

Golpes são uma das principais ferramentas para a instalação de ditaduras. Diante dessa premissa, a presente obra apresenta medidas que cidadãos, sociedade civil e governos podem tomar para inibir tentativas de usurpação. O Antigolpe é um texto rico em exemplos e em detalhes sobre as bases necessárias para que golpes sejam ou não bem-sucedidos, investigando que tipo de apoio deve ser negado e como planejar uma resistência “nãoviolenta” eficaz.

Para saber mais detalhes entre em contato conosco:

contato@atuacao.org.br